GABORONE (Reuters) – O ministro da Saúde de Botswana, Edwin Dikoloti, disse neste domingo que o país detectou mais 15 casos da variante ômicron, que somam-se aos quatro casos confirmados que foram divulgados na sexta-feira.

O ministro aplaudiu seus cientistas por terem detectado precocemente a nova variante no país, mas sublinhou que ela não surgiu em Botswana porque os quatro casos iniciais foram de pessoas que viajaram ao país em missão diplomática.

Ele se recusou a comentar sobre as nacionalidades das quatro pessoas, destacando que o país “não gostaria de aumentar a tendência aparente em que a variante é estigmatizada”.

(Por Brian Benza)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).