(Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que passou por um exame físico e uma colonoscopia nesta sexta-feira, continua apto ao trabalho e pode executar suas responsabilidades sem quaisquer restrições, disse seu médico em boletim divulgado pela Casa Branca.

Kevin O’Connor, o médico do presidente, afirmou que a colonoscopia encontrou um “pólipo de aparência benigna” que foi facilmente removido.

“A avaliação histológica está prevista para ser concluída no início da próxima semana”, disse o médico. “O presidente nunca teve câncer de cólon.”

O’Connor também disse que Biden apresentou um aumento na frequência e “pigarro” devido a refluxo, o que justificou um exame detalhado. Esse exame não encontrou tumores, úlceras, câncer ou outras condições graves.

O andar de Biden também está “perceptivelmente mais rígido e menos fluido” do que no passado, escreveu O’Connor. O exame atribuiu grande parte da rigidez ao desgaste da coluna, disse ele.

Biden transferiu brevemente o poder para a vice-presidente Kamala Harris por mais de uma hora enquanto ele se submetia a uma colonoscopia nesta sexta-feira.

(Reportagem de Tyler Clifford)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).