WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira que Venezuela e Bolívia não agiram no ano passado para cumprir suas obrigações sob os acordos internacionais de combate às drogas.

“Bolívia e Venezuela são países que falharam em fazer esforços substanciais durante os 12 meses anteriores para … cumprir suas obrigações sob os acordos internacionais de luta contra as drogas”, disse Biden em um memorando dirigido ao secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, e publicado pela Casa Branca.

Biden acrescentou que os dois países também não tomaram as medidas dispostas na Lei de Assistência ao Exterior dos Estados Unidos, lembrando que “os programas norte-americanos de apoio à Bolívia e à Venezuela são vitais para os interesses nacionais dos Estados Unidos”.

(Reportagem de Mohammad Zargham)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).