WASHINGTON (Reuters) – “Somos parentes?”, perguntou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, quando os dois se encontraram na Casa Branca nesta sexta-feira.

“Sim!”, brincou Modi em resposta.

No início de sua primeira reunião bilateral com Modi na Casa Branca como líderes, o norte-americano explicou que soube de um ramo indiano da família Biden ao ser eleito ao Congresso pela primeira vez em 1972 e que recebeu uma carta de um Biden que mora em Mumbai.

“Descobri que havia um Capitão George Biden, que foi capitão na empresa de chá da Companhia das Índias Ocidentais “, disse o presidente.

“É difícil para um irlandês admitir isso!”, brincou, referindo-se à Companhia das Índias Ocidentais, que lançou os fundamentos do império britânico, mas deixou de existir mais de 150 anos atrás.

Biden disse que soube que George Biden permaneceu na Índia e se casou com uma indiana, mas acrescentou: “Nunca conseguiu rastrear, então todo o propósito desta reunião é ele me ajudar a descobrir quem ele foi!”

Modi disse que Biden já havia mencionado a ele a conexão, e que por isso buscou documentos que pudessem ajudar a preencher a lacuna na árvore genealógica.

“Hoje trouxe alguns documentos… talvez estes documentos possam ter utilidade para você!”, disse ele a Biden, que reagiu rindo.

As relações entre EUA e Índia estão se estreitando, e Washington considera a Índia uma parceira essencial em sua tentativa de reagir à influência da China na região do Indo-Pacífico. Após o encontro, Biden e Modi deveriam se reunir aos líderes do Japão e da Austrália, os outros membros do chamado grupo Quad, para debater esta iniciativa.

(Por David Brunnstrom e Nandita Bose)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).