WASHINGTON (Reuters) – A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, pediu nesta quinta-feira uma “ação forte” por parte das instituições financeiras internacionais para aumentar a responsabilidade, proteger a integridade dos dados e prevenir a má conduta, após um escândalo de manipulação de informações pelo Banco Mundial.

Yellen, em declaração ao comitê consultivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), também pediu medidas por parte das instituições financeiras internacionais para melhorar seus sistemas internos de denúncia e proteção a denunciantes.

Ela disse que os Estados Unidos vão monitorar de perto os desenvolvimentos e avaliar quaisquer novos fatos e descobertas, caso estejam disponíveis.

(Por Andrea Shalal e David Lawder)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).