NOVA YORK (Reuters) – É “sensato” que o Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, comece a aumentar os juros neste ano à medida que remove parte do apoio fornecido durante a pandemia, disse o presidente do Fed de Nova York, John Williams, nesta sexta-feira.

O Fed se concentrará em dados econômicos ao decidir o momento exato e o ritmo dos futuros aumentos da taxa, disse Williams, acrescentando que “faz sentido” que o banco central continue removendo o estímulo da política monetária.

Williams disse que o banco central deve agir para reduzir suas participações em títulos depois de aumentar os juros ante os níveis atuais próximos de zero, e afirmou que as autoridades têm as ferramentas necessárias para gerenciar o balanço patrimonial sem problemas.

(Por Jonnelle Marte)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).