A Black Friday é a principal data de vendas para o varejo brasileiro. Para se preparar para a data, a Via Varejo – dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio – vai digitalizar o trabalho dos vendedores dentro das lojas.

“Nos preparamos para uma mudança histórica, nossa força de vendas em lojas que é reconhecida por ser a melhor do mercado, ganhou um reforço extra de tecnologia tendo muito mais agilidade para atender nossos clientes”, informou o grupo no resultado financeiro do terceiro trimestre do ano.

O que significa isso? A Via Varejo disse que os 20 mil vendedores foram equipados com celulares novos, que estarão conectados com o sistema de venda das lojas em formato de app, o que dará agilidade no atendimento.

Além disso, o próprio vendedor poderá receber o pagamento do cliente, livrando o cliente de enfrentar filas no caixa. O vendedor também poderá emitir a nota fiscal.

“Revisamos toda o sistema de conectividade das lojas para garantir velocidade e redundância para nossa equipe de lojas e oferecer wi-fi grátis aos nossos clientes”, informa a Via Varejo.

O que mais será feito? A Via Varejo vai simplificar o sistema de retirada na loja das compras efetuadas pelo site ou aplicativo. “Mudaremos o processo de validação da identidade no fluxo retirada dos produtos, eliminando em definitivo a necessidade da apresentação do cartão de crédito usado na compra e adotando um token de segurança”, contou.

E qual a expectativa para a Black Friday? A companhia espera crescer em relação ao ano passado e informou que contará com um estoque de R$ 7 bilhões para vender na Black Friday.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).