Já pensou ter sua corrida de Uber gravada em vídeo? Esta é a novidade que a empresa começou a testar nesta terça-feira (23), em Aracaju (SE), com o objetivo de aumentar a segurança tanto dos passageiros quanto  dos motoristas.

Como funciona? Os motoristas selecionados nesta primeira fase vão utilizar a câmera do próprio celular para gravar as viagens por meio do aplicativo Sentinel. Ao final, devem enviar o arquivo para a Uber via wi-fi ou rede móvel.

Por enquanto, o recurso está disponível apenas para alguns motoristas de Aracaju, que poderão escolher participar ou deixar o projeto-piloto a qualquer momento. Aos poucos, a empresa pretende expandir a iniciativa para todos os motoristas da cidade.

“Queremos entender se essa tecnologia de gravação de imagens pode contribuir para que motoristas parceiros e usuários tenham ainda mais tranquilidade para continuar usando a Uber, claro que sempre respeitando as normas de privacidade”, diz a diretora-geral da Uber no Brasil, Claudia Woods.

A empresa diz que a ferramenta pode ser uma alternativa “escalável e sem custo” para aumentar a segurança das viagens.

Quem tem acesso aos vídeos? Apenas a Uber, com chave de criptografia. A partir do momento que o motorista envia o vídeo, ele não consegue mais acessar o conteúdo.

O arquivo vai ficar armazenado na base de dados da empresa, que só terá acesso às informações básicas, como data e horário da gravação. O conteúdo só será usado caso o motorista abra uma solicitação de segurança ou por ordem judicial.

Como ficam os passageiros? Durante o projeto piloto, todo passageiro que entrar em um carro participante do projeto vai ser avisado de que a corrida pode estar sendo gravada. Cabe a pessoa decidir se quer continuar com o motorista ou buscar por um novo carro.

O serviço vai chegar em outras cidades? Por enquanto, a Uber não previsão de aplicação da novidade em outras cidades. Tudo vai depender dos resultados obtidos no piloto.

Aracaju foi a cidade escolhida para o teste por ser de médio porte e, assim, permitir que os resultados sejam acompanhados de perto.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).