A autoridade de transportes de Londres decidiu nesta segunda-feira (25) não renovar a licença de operação da Uber na cidade. Um dos principais motivos alegados é uma falha no sistema de segurança do aplicativo, que permite que motoristas não autorizados trabalhem no transporte de passageiros.

Como assim? A infração dos motoristas não autorizados aconteceu em aproximadamente 14 mil corridas, realizadas por 43 motoristas. Em algumas delas, os condutores eram pessoas que já haviam sido banidas da empresa – o que tem sido feito quando a pontuação dada pelo passageiro é ruim.

E agora? A empresa tem 21 dias para recorrer e apresentar alterações no aplicativo que corrijam a falha. Ela poderá operar por mais oito meses, até que se esgotem todos os recursos.

Como isso impacta a Uber? A operação de Londres é a mais rentável para a empresa na Europa. Logo após o anúncio da proibição, as ações da empresa caíram 5,8% na Bolsa de Londres. Na Nasdaq, em Nova York, as ações encerraram com queda de 1,56%.

Quais os concorrentes da Uber em Londres? Ola, Via Van e Bolt. Nenhuma delas opera no Brasil.

(Com Bloomberg e Wall Street Journal)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.