O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na noite de quinta-feira, 5, uma ordem executiva que, na prática, coloca um prazo de 45 dias para uma empresa dos Estados Unidos comprar as operações no país do TikTok, chamando o aplicativo de ameaça à segurança nacional e econômica. Quando esse período se esgotar, a ordem proíbe pessoas nos EUA ou sujeitas à jurisdição dos EUA de fazer qualquer transação com a ByteDance Ltd., empresa de Pequim e dona do TikTok.

Ao assinar a ordem, Trump aumentou a pressão sobre a Microsoft para adquirir os negócios americanos do TikTok.

A Microsoft disse que espera comprar os negócios do TikTok nos Estados Unidos e em outros três países.

A empresa, que afirmou no domingo que pretende terminar as discussões sobre o assunto até 15 de setembro, não fez comentários imediatamente após a assinatura da ordem, e o TikTok não respondeu imediatamente a um pedido de comentário para a reportagem.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.