Por Mark Weinraub

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros do trigo negociado em Chicago recuaram 2,6% nesta quinta-feira, interrompendo uma sequência de seis sessões de ganhos, com traders realizando lucros após forte alta.

Os futuros da soja recuaram 2% com a última previsão de clima mostrando que algumas chuvas oportunas irão chegar em áreas de produção importante, com a safra atingindo estágio crítico de desenvolvimento.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) afirmou na manhã desta quinta-feira que as vendas semanais de exportação de milho totalizaram -40.700 toneladas, em grande parte devido aos cancelamentos da China. O total semanal foi o mais baixo desde julho de 2012 e o segundo menor já registrado. [EXP/CORN]

Os futuros do milho para dezembro fecharam em queda de 7,25 centavos de dólar, a 5,6125 dólares o bushel.

A soja para novembro fechou em queda de 27,25 centavos de dólar, a 13,6250 dólares o bushel.

“A previsão é de um pouco mais de chuva do que vimos”, afirmou Ted Seifried, estrategista-chefe de agricultura do Grupo Zaner. “É mais longe que será extremamente oportuno para a soja.”

Os futuros do trigo para setembro recuaram 18,50 centavos de dólar, a 6,9225 o bushel. O contrato disparou 12,2% durante sua sequência de vitórias consecutivas de seis sessões.

(Reportagem Adicional de Naveen Thukral em Cingapura e Sybille de La Hamaide em Paris)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).