Por Elvira Pollina

MILÃO (Reuters) – A Telecom Italia perdeu seu quarto presidente-executivo em seis anos nesta sexta-feira, depois que Luigi Gubitosi entregou o cargo após uma batalha com o principal investidor no grupo, a Vivendi, afirmaram duas fontes próximas do assunto.

O conselho de administração da Telecom Italia entregou o cargo de Gubitosi para o presidente do colegiado, Salvatore Rossi, durante reunião realizada nesta sexta-feira. O conselho também decidiu nomear o presidente-executivo da TIM, Pietro Labriola, como diretor-geral da Telecom Italia, afirmaram duas fontes.

Gubitosi abdicou de suas responsabilidades na quinta-feira, afirmando em uma carta vista pela Reuters que não queria ficar no caminho para que o conselho de administração aprovasse a oferta de aquisição feita pela KKR, de 12 bilhões de dólares.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).