Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – A plataforma social para investidores TC precificou sua oferta inicial de ações (IPO) nesta segunda-feira a 9,50 reais por papel, de acordo com duas fontes próximas à operação, perto do piso da faixa estimada para a operação de 9 a 11,25 reais.

A oferta somou 712,5 milhões de reais, de acordo com uma das fontes, o que significa que foram vendidas 75 milhões de ações – oferta base mais lotes adicional e suplementar. A operação avalia a companhia em cerca de 2,8 bilhões de reais.

O início das negociações dos papéis no segmento Novo Mercado da B3 está previsto para quarta-feira, sob o código “TRAD3”.

Os recursos com a oferta serão usados para aquisições estratégicas que possibilitem o aprimoramento do ecossistema da companhia e investimentos em desenvolvimento e aprimoramento da plataforma do TC e em marketing.

Fundado em 2016, o TC, antes conhecido como TradersClub, oferece serviços como notícias, pesquisa e chats sobre investimentos. Tem uma base de 450 mil usuários no seu aplicativo.

Em 2020, a plataforma teve receita líquida de 40 milhões de reais, com Ebitda de 18,8 milhões e lucro líquido 13 milhões. Nos primeiros quatro meses de 2021, a receita somou 21 milhões de reais, com Ebitda de 663 mil e prejuízo de 26 mil reais.

A base de usuários atingiu 75 mil usuários pagantes em 30 de abril.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).