A adquirente de cartões Stone registrou lucro líquido de R$ 306,1 milhões no quarto trimestre de 2020, avanço de 16% ante os R$ 264 milhões de um ano antes. No ano, o lucro ficou em R$ 837,4 milhões, avanço de 4,1%.

No critério ajustado, o lucro líquido da companhia chegou a R$ 357,8 milhões, crescimento de 30,1% na comparação anual. No acumulado de 2020, os ganhos da Stone ficaram em R$ 958,2 milhões, alta de 11,8%.

No quarto trimestre, o lucro antes de impostos ficou 1,6% que no mesmo período de 2019, e R$ 368,4 milhões. No ano, o indicador chegou a 1,127 bilhão, avanço de 3,4%.

O volume de transações (TPV) registrado pela Stone entre outubro e dezembro de 2020 chegou a R$ 64,4 bilhões, número 60,1% maior que no mesmo período de 2019. Quando excluído o volume de Coronavouchers, de R$ 7,1 bilhões, o TPV cresceu 42,6%.

O total de receitas apurado pela Stone chegou a R$ 1 bilhão nos três últimos meses do ano passado, avanço de 27,9% na comparação com o quarto trimestre de 2019.

No quarto trimestre, a companhia teve uma adição líquida total de 69.700 clientes, chegando a uma base ativa de 652,6 mil, um aumento de 35,7% na comparação anual. Em todo o ano passado, a Stone conseguiu adicionar 171,7 mil clientes à sua carteira.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).