Por Devik Jain e Shashank Nayar

(Reuters) – O índice S&P 500 atingiu uma máxima recorde nesta terça-feira, impulsionado por Tesla, Nvidia e outras empresas relacionadas à tecnologia, enquanto resultados corporativos promissores de UPS e GE elevaram o otimismo em torno da temporada de balanços.

A Tesla saltava 5,4%, estendendo um rali recorde que ajudou a líder em carros elétricos a ultrapassar 1 trilhão de dólares em valor de mercado na segunda-feira, após receber da locadora de automóveis Hertz seu maior pedido já registrado.

A fabricante de chips Nvidia disparava 7,8% e tocou um pico recorde, enquanto ganhos de Amazon, Apple e Microsoft ajudavam o Nasdaq, índice pesado em tecnologia, a superar seus pares.

Todos os 11 principais setores do S&P 500 avançavam nesta terça-feira, com as ações de tecnologia e consumo não essencial liderando os ganhos.

Alguns balanços corporativos estelares ajudaram a impulsionar o Dow e o S&P 500 para máximas recordes, levantando o ânimo dos investidores em outubro depois que preocupações com a inflação, redução de estímulos pelo Federal Reserve e a crise do grupo imobiliário China Evergrande abalaram os mercados no mês passado. O Nasdaq está sendo negociado cerca de 0,4% abaixo de seu pico recorde de 7 de setembro.

Às 12h37 (horário de Brasília), o Dow Jones subia 0,32%, a 35.853,95 pontos. O S&P 500 ganhava 0,66%, a 4.596,50 pontos, enquanto o Nasdaq avançava 0,86%, a 15.357,49 pontos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).