WASHINGTON (Reuters) – A atividade manufatureira dos Estados Unidos acelerou em novembro, em meio à forte demanda por bens, o que manteve a inflação alta enquanto fábricas continuavam lutando contra a escassez de matérias-primas relacionada à pandemia.

O Instituto de Gestão do Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou nesta quarta-feira que seu índice de atividade fabril nacional subiu para 61,1 no mês passado, ante 60,8 em outubro.

Leitura acima de 50 indica expansão da manufatura, que responde por 12% da economia norte-americana. Economistas consultados pela Reuters previam alta do índice para 61,0.

(Por Lucia Mutikani)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).