Já pensou em comprar seu destilado em uma embalagem 100% livre de plástico e de alumínio? A Diageo, líder mundial em bebidas destiladas, anunciou hoje que começará a trabalhar com garrafas de papel a partir de 2021.

Quais bebidas receberão essa embalagem? A novidade começa com o uísque Johnnie Walker, em 2021. Também terão essa embalagem as marcas Smirnoff, Ypióca e Tanqueray.

É tipo uma embalagem longa vida? Não, a tecnologia é diferente. “No nosso caso utilizaremos apenas papel. Enquanto a embalagem de longa vida possui outros materiais (como alumínio)”, informa a Diageo.

Vidro também é reciclável. Qual a vantagem? A produção dessas garrafas emite menos CO2. “As novas garrafas têm 30% menos emissão de CO2 que o PET e 90% menos que o vidro”, diz a empresa.

“Utilizamos celulose proveniente de estoques renováveis, supervisionados pelo Forest Stewardship Council (FSC). As garrafas foram projetadas para serem recicladas no fluxo de resíduos de papel. Também existem opções para atender aos requisitos de biodegradabilidade e compatibilidade.”

Não há qualquer perda de qualidade do produto ou adulteração do sabor, mesmo depois de aberta? “Esse é um novo tipo de material de embalagem para destilados e certamente terá um prazo de validade diferente do vidro, mas não esperamos que isso seja um problema.”

Qual o tamanho da produção? A empresa diz que essa informação é confidencial.

Outras empresas devem aderir à garrafa de papel? É provável. Foi estabelecido um consórcio de empresas para essa tecnologia, incluindo Unilever e PepsiCo. Segundo a Diageo, a tecnologia desenvolvida permitirá produzir uma variedade de garrafas de molde único sem plástico para uma variedade de bens de consumo, possibilitando que as marcas repensem seus designs de embalagens ou que essas passem a ser de papel.

Leia também:

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.