A Play9, estúdio de conteúdo de Felipe Neto e João Pedro Paes Leme, acaba de lançar a Plataforma 9Block. O intuito do projeto é democratizar a criação e a venda dos tokens não fungíveis (NFT) — certificados digitais que atuam como ativos financeiros e transformam fotos, vídeos, áudio ou itens físicos em peças únicas e colecionáveis.

Qual é a novidade? Baseado na rede de blockchain Hathor, o projeto se diferencia por não cobrar taxas para as transações financeiras, tornando a experiência mais acessível. Outra proposta que promete democratizar o investimento em NFTs são as formas de pagamento oferecidas. Além das criptomoedas bitcoin (BTC), litcoin (LTC) e ether (ETH), os usuários poderão realizar transferências por meio de cartão de crédito ou de uma conta no Paypal.

“A ideia da 9Block é justamente fazer uma ponte justa entre a criptografia e o usuário, conectando artistas e colecionadores. Dessa forma, invertemos a atual lógica de monetização de artes, em que a maior parte do valor a obra acaba sendo distribuída entre os intermediários”, explica Helbert Costa, CIO da Play9.

O que estará à venda? Inicialmente, o marketplace irá contar com artes digitais de Felipe Neto. Após o lançamento da coleção, a Play9 passará a disponibilizar as criações de influenciadores do seu casting, assim como abrir a plataforma para outros artistas. Os primeiros NFTs estarão disponíveis para compra no dia  27 de junho.

Como vai funcionar para os artistas? A proposta da iniciativa é apostar nos criadores nacionais e facilitar a comercialização das artes. Assim com os compradores, os artistas também estarão livres de taxas e poderão emitir NFTs gratuitamente por meio da plataforma.

“A Play9 se interessou por NFTs pela chance de gerar mais oportunidades aos criadores de conteúdo e artistas digitais especificamente. Este vai ser o nosso foco inicial com o lançamento da 9Block”, ressalta João Pedro Paes Leme, Sócio e CEO da Play9.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).