PEQUIM (Reuters) – A produção industrial da China cresceu 3,1% em setembro em relação ao mesmo período do ano anterior, abaixo das expectativas e desacelerando em relação à taxa de 5,3% de agosto, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira.

Analistas ouvidos pela Reuters esperavam aumento de 4,5%.

As vendas no varejo cresceram 4,4% em setembro sobre um ano antes, contra estimativa de alta de 3,3% e após taxa de 2,5% em agosto.

O investimento em ativos fixos aumentou 7,3% nos primeiros nove meses em relação ao mesmo período do ano anterior, aquém das expectativas de acréscimo de 7,9% e desacelerando em relação a um salto de 8,9% de janeiro a agosto.

A economia da China teve uma recuperação impressionante da pandemia de Covid-19, mas recentemente mostrou sinais de perda de ímpeto, prejudicada por cortes de energia, gargalos de fornecimento, surtos esporádicos de coronavírus e restrições regulatórias em setores que vão de tecnologia a propriedade.

(Por Kevin Yao e Liangping Gao)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).