A varejista online Privalia decidiu suspender oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) com esforços restritos, de acordo com fato relevante da companhia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite de terça-feira.

A empresa atribui a decisão à “volatilidade das condições de mercado verificadas nos últimos dias”.

Para o IPO, que previa distribuição primária e secundária de ações ordinárias, a Privalia tinha estabelecido a faixa indicativa de preço dos papéis entre 16,30 e 18,10 reais cada.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).