Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras informou na noite de quarta-feira que assinou um termo de compromisso junto à Petros para pagamento à vista de dívida reconhecida no processo de migração dos planos PPSP-R e PPSP-NR para o Plano Petros 3, com valor estimado em 1,3 bilhão de reais.

O pagamento, segundo comunicado da petroleira, está previsto para 9 de setembro. O valor divulgado pela empresa considera a data-base de 30 de abril de 2021, e será corrigido atuarialmente até 31 de julho.

No período de 1º de agosto –data para a qual está previsto o início de operacionalização do Plano Petros 3– até o dia do efetivo pagamento, “o montante final será corrigido pelas metas atuariais dos planos de origem (PPSP-R e PPSP-NR)”, acrescentou a companhia.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).