RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) -A Petrobras informou nesta quarta-feira que seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de duas antecipações da remuneração aos acionistas relativa ao exercício de 2021, no valor total de 31,6 bilhões de reais.

Em fato relevante, a companhia disse que a distribuição extraordinária considera as perspectivas de resultado e geração de caixa para o ano, sendo compatível com a sustentabilidade financeira da empresa, “sem comprometer a trajetória de redução de seu endividamento e sua liquidez”.

A primeira parcela será no valor de 21 bilhões de reais.

“Para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 o pagamento será realizado no dia 25 de agosto de 2021. Os detentores de ADRs receberão o pagamento a partir de 01 de setembro de 2021”, disse a empresa.

Já a segunda parcela, de 10,6 bilhões de reais, será paga para detentores de ações da companhia na B3 em 1 de dezembro de 2021. Para os detentores de ADRs será no dia 3 de dezembro.

DIVIDENDOS À UNIÃO

A Petrobras disse à Reuters que pagará dividendos ao seu acionista controlador, a União, da ordem de 11,6 bilhões de reais nos meses de agosto e dezembro.

Somadas as parcelas de dividendos destinadas à União –as já pagas e as que ainda serão pagas até o fim do ano– o montante é de 15,4 bilhões de reais, segundo nota da empresa.

Este valor é equivalente, por exemplo, ao custeio de aproximadamente um mês e meio do Benefício Emergencial em 2021 (cerca de 9 bilhões de reais por mês), ressaltou a Petrobras.

“Desta forma, a Petrobras compartilha os ganhos financeiros do semestre com os acionistas e, consequentemente, com a sociedade brasileira”, ressaltou a companhia.

A divulgação dos valores pagos em dividendos à União ocorre em momento em que o presidente Jair Bolsonaro fala que a Petrobras teria um fundo de 3 bilhões de reais para financiar a criação do vale-gás, em que um botijão seria dado a cada dois meses a famílias participantes do Bolsa Família.

A empresa negou no fim de semana que haja decisão sobre montantes em eventuais programas.

Além do pagamento de dividendos à União, a Petrobras também publicou comunicado separado dizendo que contribui para a sociedade com o pagamento de tributos e participações governamentais.

A companhia, uma das maiores pagadoras de tributos do país, recolheu entre janeiro e junho 76,7 bilhões de reais aos cofres públicos.

(Por Marta Nogueira, Nayara Figueiredo, Rodrigo Viga Gaier; edição de Roberto Samora)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).