Uma pesquisa encomendada pela 99 e divulgada nesta terça-feira (15) mostra quais os comportamentos são aceitáveis ou não durante as corridas por passageiros e motoristas de aplicativos. Atualmente, 59% das ocorrências de segurança da plataforma são relacionadas a discussões e desrespeito.

O que dizem os motoristas? Apenas 8% dos motoristas da plataforma consideram aceitável que os passageiros entrem no carro sujos ou molhados, mas mais da metade deles já passou pela situação. Bater a porta do carro também é uma situação que não agrada a maioria, sendo que apenas 13% acham a atitude aceitável – no entanto, 70% afirmam ter passado pela situação.

Outro problema enfrentado por 78% dos entrevistados é chegar no ponto de encontro e ficar esperando o passageiro, mas a situação só é considerada aceitável por 14% dos motoristas.

Veja outros problemas enfrentados e o percentual de motoristas que consideram isso aceitável:

  • Comer ou beber no carro (20%)
  • Entrar bêbado no carro (19%)
  • Não pagar a viagem (7%)
  • Pedir para parar em local proibido (8%)
  • Pedir para levar mais pessoas que o permitido (10%)

O que dizem os passageiros? O desrespeito às regras de trânsito é o que mais incomoda os passageiros da plataforma. As maiores queixas contra motoristas são:

  • falar ao telefone na direção (49%)
  • dirigir em alta velocidade (41%)
  • direção perigosa (39%)
  • passar em semáforo vermelho (25%).

Considerando situações comportamentais, 56% dos passageiros entrevistados afirmam que já estiveram em uma corrida em que o motorista fez um caminho desnecessário para aumentar a corrida. Outras reclamações relatadas foram pressionar por uma avaliação positiva (34%), reclamar muito durante a viagem (32%) e encarar o passageiro excessivamente (28%).

Passageiros e motoristas têm a mesma visão? Não. Há uma grande diferença entre os motoristas que admitem ter feito alguma das situações citadas e os passageiros que afirmam ter vivenciado. Enquanto 56% dos clientes dizem ter conhecido um motorista que aumentou o caminho para aumentar o valor da corrida, apenas 1% dos motoristas assumem que já realizaram esta prática.

Outro exemplo em que a divergência fica clara é sobre falar ao telefone no volante: 17% dos motoristas assumem já ter feito isto, mas 49% dos passageiros afirmam terem passado pela situação.

A pesquisa foi realizada em novembro e foram coletadas 1.821 respostas em todo país, 50% de homens e 50% de mulheres.

O que a 99 está fazendo a respeito? Para evitar conflitos e situações estressantes durante as viagens, a empresa lançou o Guia da Comunidade, que incentiva o respeito e a gentileza entre os usuários da plataforma.

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).