Por Wayne Cole

SYDNEY (Reuters) – O núcleo da inflação australiana acelerou para seu ritmo anual mais rápido desde 2015 no trimestre de setembro, à medida que os aumentos de preços se tornaram mais amplos, uma grande surpresa que levou os mercados a apostar pesadamente em aumentos antecipados nas taxas de juros.

Dados do escritório de estatísticas do país divulgados nesta quarta-feira mostraram que o índice de preços ao consumidor (IPC) aumentou 0,8% no terceiro trimestre e 3,0% para o ano, conforme esperado.

No entanto, a medida de média aparada da inflação –que configura um núcleo e é a favorita do banco central australiano (RBA)– subiu 0,7% no trimestre, acima das projeções de 0,5%.

O ritmo anual acelerou para 2,1%, bem acima dos 1,8% esperados e colocando a taxa de volta à faixa-alvo de 2% a 3% do RBA pela primeira vez em seis anos.

O banco central previa que o núcleo da inflação não alcançaria 2% até meados de 2023 e, por sua vez, que as taxas à vista permaneceriam em mínimas recordes de 0,1% até 2024.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).