O novo normal do setor imobiliário exigirá menos funcionários em atividade na cidade de São Paulo. Para começar, o setor terá de funcionar com apenas 20% da capacidade de colaboradores. O horário de atendimento também será reduzido: apenas quatro horas por dia. E só poderá ser atendida uma família por vez nas imobiliárias e estandes de vendas.

O vice-presidente de Tecnologia e Sustentabilidade do Secovi-SP (sindicato de habitação), Carlos Borges, admite que serão necessários menos funcionários. Mas isso não significa, em um primeiro momento, que os demais serão demitidos.

“É provável que tenha um rodízio de corretores, assim dá para ter um pouco de pão na casa de cada um”, diz Borges.

Qual a expectativa do Secovi em relação ao protocolo? Borges disse que o setor está otimista em relação ao retorno de funcionamento. “Temos um copo cheio, pois estamos em um momento de baixas taxas de juros e de valorização dos imóveis como investimento. Além disso, tem o aspecto de relação com a casa, que se valorizou durante a pandemia. E o imóvel é bem de valor afetivo”, afirmou.

Vai ser difícil retomar as atividades com regras tão restritas? O vice-presidente do Secovi diz que é melhor voltar do que continuar funcionando apenas com vendas online. “Imóvel não é o tipo de coisa que você escolhe pela internet, coloca no carrinho de compras e paga com cartão de crédito.”

As vendas vão engatar agora? Borges diz que sabe que as vendas vão demorar para engatar, até porque as pessoas e funcionários precisam se sentir seguros para sair de casa. “Vai ser uma volta gradual.”

O que o protocolo do Secovi prevê? O protocolo é dividido por segmentos: escritórios e estandes imobiliários. Há coisas em comum nos dois:

  • Funcionamento máximo de quatro horas seguidas;
  • Redução da capacidade de colaboradores na atividade presencial a 20%;
  • Distanciamento mínimo de 2 metros entre elas.

E ass visitas? O protocolo orienta que as visitas só sejam realizadas após agendamento, com a limitação de uma família por vez. Todas as pessoas que entrarem no estande, incluindo visitantes, deverão usar máscaras, higienizar as mãos e ter a temperatura medida.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).