PARIS (Reuters) – A Nestlé disse nesta terça-feira que reduzirá sua fatia na L’Oreal para cerca de 20% com a venda de ações no valor de 8,9 bilhões de euros para a marca francesa de cosméticos, enquanto a fabricante do Nescafé se concentra em suas principais divisões de alimentos e bebidas.

Após o negócio, a Nestlé deterá 20,1% da L’Oreal, contra 23,3% anteriormente. A L’Oreal, por sua vez, comprará de volta ações representativas de 4% de seu capital e as cancelará.

A L’Oreal, que está pagando 400 euros por ação, disse que o negócio terá um efeito de acréscimo no lucro por ação da empresa de mais de 4% em um ano.

As ações da L’Oréal fechara esta terça-feira em alta de 3,96%, a 424,8 euros, enquanto as ações da Nestlé subiram 0,1%, para 121,9 francos suíços.

Cerca de quatro anos atrás, a L’Oreal destacou sua grupo suíço tivesse interesse em vender.

Em outubro de 2019, a Nestlé fechou a venda de seu negócio de saúde para a pele por 10,2 bilhões de francos suíços, à medida que passou a abandonar negócios de baixo desempenho.

A participação da Nestlé na gigante da beleza tem sido objeto de intenso escrutínio ao longo dos anos. A empresa suíça manteve seu interesse tanto financeiro quanto estratégico, mesmo com um investidor ativista pedindo sua alienação. Em 2014, a empresa reduziu sua participação, então de 31%.

(Reportagem de Praveen Paramasivam e Mimosa Spencer)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).