A temporada 2019-2020 da NFL (sigla em inglês para Liga Nacional de Futebol) começa nesta quinta (5) com a partida entre Chicago Bears e Green Bay Packers, que terá transmissão ao vivo na ESPN a partir das 21h20 (horário de Brasília).

O que aconteceu? Esta será a centésima temporada na história do futebol americano, que vive um bom momento. Levantamento feito pela Forbes mostra que o valor de mercado acumulado das 32 equipes cresceu 11% em relação ao ano passado, o que puxou o valor médio dos times para US$ 2,86 bilhões.

O wide receiver Jalen Guyton, do Dallas Cowboys, corre para marcar um touchdown em partida de pré-temporada da NFL contra o Tampa Bay Buccaneers

Quem está bem nessa lista? Sem dúvida nenhuma, o Dallas Cowboys. O time texano, que lidera a lista compilada pela Forbes por 13 anos consecutivos, é avaliado em US$ 5,5 bilhões.

Na segunda posição está o New England Patriots, atual campeão da liga e time do lendário quarterback Tom Brady (ele mesmo, o marido de Gisele Bündchen), com valor de US$ 4,1 bilhões.

Completam os cinco primeiros lugares o New York Giants em 3º (US$ 3,9 bilhões), Los Angeles Rams em 4º (US$ 3,8 bilhões) e San Francisco 49ers em 5º (US$ 3,5 bilhões).

E quem está mal em uma liga tão forte? Apesar da NFL estar em um momento de alta, a verdade é que apenas 12 de suas 32 equipes têm valor de mercado acima da média da liga.

São 20 times que valem menos do que US$ 2,86 bilhões, num intervalo que vai do Buffalo Bills, o lanterninha do ranking com US$ 1,9 bilhão ao Green Bay Packers, o 13º, que é avaliado em US$ 2,85 bilhões.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).