LUXEMBURGO (Reuters) – A aceleração da inflação na zona do euro, impulsionada pelos preços da energia, é em grande parte temporária e o crescimento dos preços vai arrefecer novamente no próximo ano, como projetado pelo Banco Central Europeu (BCE) e pela Comissão Europeia, disseram os ministros das Finanças da zona do euro nesta segunda-feira

Paschal Donohoe, que presidiu as conversas das autoridades em Luxemburgo, disse em entrevista coletiva que também houve entendimento de que o aumento da inflação não é argumento contra a transição para fontes renováveis de energia sob o ambicioso plano da UE de reduzir as emissões de carbono a zero até 2050.

(Por Jan Strupczewski)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).