O McDonald’s, a maior rede de restaurantes do mundo em vendas, prometeu diversificar a cadeia de suprimentos nos próximos anos e está recebendo ajuda de parceiros de peso.

Cerca de 25% dos gastos anuais na cadeia de suprimentos domésticos da empresa, ou cerca de US$ 3,5 bilhões, irão para fornecedores controlados por mulheres e minorias até 2025, disse o McDonald’s em comunicado na quinta-feira. Esse valor, que se compara ao nível atual de cerca de 23% das despesas na cadeia de suprimentos, incluirá gastos dos franqueados, que possuem e operam 93% das unidades do McDonald’s globalmente.

A empresa com sede em Chicago, juntamente com parceiros como Cargill e Tyson Foods, também se compromete com uma série de medidas, que incluem equidade anual e treinamento de inclusão para funcionários, aumentando a representação das minorias na liderança e monitorando iniciativas para melhorar a igualdade.

O McDonald’s e outras grandes empresas estão sob crescente pressão para melhorar a representação das minorias e, no geral, têm ampliado programas para ajudar as comunidades depois que o assassinato de George Floyd Jr. no ano passado gerou protestos nos Estados Unidos e um exame mais minucioso da desigualdade.

A rede também enfrenta processos que questionam suas práticas na área. Em maio, o magnata da mídia Byron Allen processou o McDonald’s em uma ação de US$ 10 bilhões, alegando que a gigante de fast food discrimina empresas de mídia controladas por negros como a dele.

Um grupo de franqueados negros também se queixa nos tribunais de que o McDonald’s estabeleceu restaurantes em áreas dominadas pelo crime, o que prejudicaria o negócio. A rede enfrentou outros casos alegando que a empresa dá tratamento preferencial aos brancos entre executivos e trabalhadores.

O McDonald’s defende seu histórico contra as queixas e anunciou iniciativas com foco na igualdade, como uma ordem para direcionar mais dinheiro de publicidade para a meios de comunicação de proprietários negros.

Outras empresas que assinaram a promessa do McDonald’s na quinta-feira de diversificar sua base de fornecedores incluem Accenture, Baker McKenzie, Fair Oak Foods e Greenberg Traurig.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).