O Santander Brasil superou as estimativas dos analistas para o lucro líquido do terceiro trimestre, ajudado por ganhos de tesouraria e perdas com empréstimos menores do que o esperado, segundo balanço divulgado nesta terça-feira.

O lucro liquido recorrente aumentou 5,3% frente o mesmo período do ano anterior, para 3,902 bilhões de reais e superou largamente as estimativas compiladas pela Refinitiv em 47%.

As provisões para perdas com empréstimos, já descontadas as recuperações de crédito, caíram 5,7% em relação ao ano anterior, para 2,916 bilhões de reais.

No trimestre, a queda foi de 55,4% depois de o banco ter reservado 3,2 bilhões de reais no segundo trimestre, preparando-se para a crise do coronavírus.

O índice de inadimplência dos empréstimos de 90 dias caiu 0,3 ponto percentual, para 2,1%, embora o indicador de curto prazo ter aumentado 0,4 ponto percentual. Isso mostra os primeiros sinais de como consumidores e empresas estão lutando para pagar dívidas após o término dos períodos de carência.

O banco está mais exposto a empréstimos ao consumidor do que seus pares do setor privado, mas provisionou menos que seus rivais.

A carteira de crédito cresceu 3,8% no trimestre, impulsionada por linhas de crédito a pequenas empresas, parcialmente garantidas pelo governo, e por financiamentos de veículos e imobiliário.

O retorno sobre o patrimônio líquido foi de 21,2%, retornando aos níveis pré-pandêmicos, e contrariando estimativas mais pessimistas de analistas.

Sergio Rial, presidente do Santander Brasil, disse em um comunicado que o resultado demonstra uma boa capacidade do banco de gerir empréstimos problemáticos, apesar da crise.

Além disso, o Santander Brasil reduziu o quadro de funcionários em 1.200 pessoas em relação ao segundo trimestre.

O lucro do Banco Santander espanhol no terceiro trimestre caiu 18% em relação ao ano anterior, disse o banco na terça-feira, acrescentando pretende fazer uma economia de custos adicional de 1 bilhão de euros na Europa até 2022.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).