A Lojas Renner registrou prejuízo líquido de R$ 147,703 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro de R$ 7,137 milhões observado no mesmo período de 2020.

O Ebitda total (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 28,1 milhões, queda de 86,9% ante o registrado um ano antes.

A receita operacional líquida somou R$ 1,580 bilhão no trimestre, recuando 15,2% em relação ao mesmo período de 2020.

Em março, o endividamento líquido fechou em R$ 975,3 milhões, 26,9% maior em relação ao mesmo período do ano anterior.

No documento de resultados, a empresa diz que ele foi devido, “especialmente, à menor geração operacional de caixa no período”. A alavancagem medida pelo endividamento líquido/Ebitda ajustado ficou em 0,99 vez.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).