O JP Morgan anunciou hoje que celebrou um acordo com a Volkswagen Financial Services, tendo o plano de adquirir o controle acionário de cerca de 75% da plataforma de pagamentos da fabricante de automóveis. Em comunicado, o banco afirmou que “o negócio vai expandir as capacidades de pagamento digital e ver a plataforma estendida e acessível para a indústria automobilística”.

A Volkswagen Payments opera uma plataforma de pagamentos projetada para a indústria automotiva. Segundo o documento, a empresa oferece uma gama de serviços digitais no ecossistema automotivo, incluindo: compra inicial e leasing; pagamentos no veículo; abastecimento e carregamento de automóveis elétricos; estacionamento; e serviços baseados em assinatura, como seguros e entretenimento.

“Com o tempo, a aliança entre as duas empresas buscará desenvolver a plataforma para novos mercados e indústrias fora do setor automotivo, onde os pagamentos com foco na mobilidade se tornarão centrais”, diz o comunicado. “O negócio chega em um momento em que os clientes esperam uma experiência perfeita de pagamentos digitais, independentemente do setor”, afirma o JP Morgan. Segundo o banco, a indústria automobilística está cada vez mais focada nesta área e há uma oportunidade significativa para o crescimento global, com os pagamentos internos previstos para chegarem a US$ 4 bilhões em 2021.

A Volkswagen Financial Services foi criada em 2017 e tem sede em Luxemburgo. O negócio ainda precisa ser aprovado por reguladores, e a expectativa é de uma concretização na primeira metade de 2022. Por sua vez, os valores da negociação não foram divulgados.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).