ROMA (Reuters) – A Itália não espera “discussões difíceis” com a Comissão Europeia para garantir mais tempo para vender o banco em dificuldades Monte dei Paschi (MPS), disse um funcionário do Tesouro após o fim das negociações com o Unicredit sobre uma potencial fusão.

O pedido de adiamento das discussões será acompanhado por medidas gerenciais que fortalecerão o banco, incluindo uma redução de empréstimos inadimplentes e riscos legais residuais decorrentes de ações judiciais pendentes do MPS, disse o funcionário à Reuters.

O Tesouro da Itália está pronto para fazer sua parte em um aumento de capital, acrescentou.

(Por Giuseppe Fonte)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).