O ressegurador IRB Brasil fechou o mês de outubro de 2020 com prejuízo líquido de R$ 23,8 milhões. De acordo com a companhia, o resultado negativo foi causado por maiores provisionamentos na carteira internacional de vidas, em um impacto único (one off).

Além disso, o IRB afirma que os números de outubro também foram influenciados pela transferência/venda de portfólio de sinistros do segmento rural. Sem estes impactos, a empresa teria registrado lucro líquido de R$ 110,3 milhões.

Estes dados constam do Formulário de Informações Periódicas (FIP) referente a outubro enviado pelo IRB à Superintendência de Seguros Privados (Susep). Ainda de acordo com a empresa, os prêmios emitidos (faturamento bruto) em outubro chegaram a R$ 692,9 milhões, alta de 17,9% em relação ao mesmo período de 2019.

Desse total, R$ 370 milhões foram emitidos nas operações brasileiras e R$ 322,9 milhões, fora do País. O crescimento no Brasil foi de 18,2% no espaço de um ano, e no exterior, de 17,7% no mesmo período.

Ao mesmo tempo, os prêmios ganhos pela empresa ficaram em R$ 423,3 milhões. Houve impacto, nesta linha de resultado, de uma reversão de R$ 118 milhões em razão de perdas com a transferência de portfólio de sinistros rurais.

A sinistralidade total do IRB foi de 82,1% em outubro. Sem os efeitos não-recorrentes, o número teria sido de 59,4%. As despesas de sinistro foram de R$ 347,5 milhões, sendo que R$ 159,3 milhões vieram com o provisionamento extra na carteira de vidas.

O índice de sinistralidade ficou abaixo do observado no trimestre encerrado em setembro. Naquele período, de acordo com o IRB, a sinistralidade total foi de 96,2%. Nos nove primeiros meses de 2020, ficou em 104,2%. O IRB acumulou prejuízo de R$ 901 milhões entre janeiro e setembro.

Subscrição

O resultado de ‘underwriting’ ou subscrição do IRB em outubro foi negativo em R$ 43,6 milhões, sendo que sem os impactos de transferência de carteira e provisões, teria ficado positivo em R$ 90,5 milhões. O ressegurador afirma que não houve impacto material em decorrência da descontinuidade de negócios e que por isso, os resultados refletem dados consolidados.

Nos últimos trimestres, uma ampla revisão do portfólio da empresa resseguradora vinha levando a resultados consideravelmente negativos com a subscrição, o que também vinha contribuindo para a elevação da sinistralidade do IRB.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).