A Hypera Pharma anunciou hoje um acordo com a Takeda Pharmaceutical International para a aquisição de portfólio de 18 medicamentos isentos de prescrição (OTC) e de prescrição na América Latina por US$ 825 milhões (cerca de R$ 3,7 bilhões). A japonesa Takeda é fabricante de medicamentos conhecidos no mercado, como Dramin e Neosaldina.

Com a conclusão da transação e a recente aquisição da marca Buscopan, a Hypera Pharma disse que passará a ser a maior empresa farmacêutica do Brasil e a líder absoluta em OTC, com participação de mercado de aproximadamente 20%, de acordo com o IQVIA.

O que inclui o portfólio comprado pela Hypera? Ele contempla produtos em áreas terapêuticas como cardiologia, diabetes, endocrinologia, gastrenterologia, sistema respiratório e clínica geral, além de marcas como Neosaldina e Dramin.

O que representa esse acordo para a Hypera? É a maior aquisição da história da companhia. O objetivo da empresa é ganhar mercado com esse portfólio de marcas.

“Quando concluído, esse passo transformador representará a maior aquisição da história da Hypera Pharma e está em linha com o seu já reconhecido foco estratégico de expansão de market share e investimento em marcas líderes com alto potencial de crescimento”, afirmou a companhia no comunicado.

A companhia também afirmou que a transação permitirá que ela continue a expandir seu portfólio de marcas líderes com faturamento anual acima de R$ 100 milhões e a fortalecer sua posição em segmentos estratégicos do mercado.

O que mais prevê o acordo?  Prevê a fabricação e fornecimento em conexão com a transação, por meio do qual a Takeda continuará a fornecer produtos à Hypera, que também fortalecerá seu time de vendas e marketing com uma equipe de aproximadamente 300 pessoas que será transferida da Takeda quando do fechamento do negócio.

De onde virá o dinheiro para a aquisição? A Hypera disse que já assegurou com bancos linhas de crédito de 3,5 bilhões de reais para financiar a transação e afirmou que a conclusão da aquisição deve ocorrer até o final deste ano, sujeita a determinadas condições, incluindo aprovação dos órgãos antitruste e dos acionistas.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).