O McDonald’s, maior empresa de restaurantes do mundo, tem um guia em PDF de quase 60 páginas para franqueados sobre como lidar com os detalhes da reabertura quando as restrições dos confinamentos começarem a diminuir.

As diretrizes, vistas pela Bloomberg, abordam em detalhes como trabalhadores devem limpar as mesas e manter rigoroso distanciamento social, além de abordar clientes que se recusem a respeitar as bolhas de espaço de outros consumidores ou usar máscaras.

O guia também inclui instruções sobre operações sem contato, procedimentos de higienização profunda, quiosques, banheiros, medições de temperatura e bem-estar, postos de bebidas de autoatendimento, áreas de lazer e muito mais.

No início do documento, a empresa diz aos operadores de restaurantes: “Pedimos que se lembrem: só temos uma chance de fazer isso da maneira certa”.

O guia destaca o quanto está em jogo para o McDonald’s e outros restaurantes ao abrirem seus espaços de alimentação nos EUA: as vidas dependem de milhões de trabalhadores do setor que tomam a decisão certa nos restaurantes do país.

“A América ainda está ansiosa”, segundo recente relatório da consultoria Datassential. “Mais da metade das pessoas está muito preocupada e extremamente preocupada com a saúde pessoal.” O relatório também revelou que os restaurantes são “um ponto” fraco dos americanos.

No entanto, isso mostra que os restaurantes precisarão operar com cuidado quando reabrirem.

A tensão do desafio, combinada com a queda das vendas quando milhões de americanos em quarentena se familiarizam com suas cozinhas, deve causar estragos no setor: a OpenTable estima que 1 em 4 restaurantes deve fechar permanentemente como resultado da turbulência econômica.

Vantagem do drive thru

O McDonald’s e outras redes de fast-food têm uma vantagem por causa do foco em serviços de drive thru e retirada, que continuaram operando em sua maior parte durante o confinamento. Diante disso, a empresa vê uma oportunidade. Nesta semana, o diretor-presidente do McDonald’s, Chris Kempczinski, disse que pode usar sua escala “para aprofundar nossas vantagens competitivas”.

O McDonald’s tem aumentado gastos com publicidade para ajudar franqueados a se recuperarem e oferecido “apoio financeiro direcionado às organizações mais atingidas em nosso sistema”, disse Kempczinski em comunicado.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).