O GPA, dono do Pão de Açúcar, Extra e Assaí, anunciou hoje o lançamento de uma plataforma de marketplace. Farão parte desse sistema marcas famosas como Cobasi, Ri Happi e Spicy, além de outras que entrarão ao longo do tempo.

O que significa esse movimento? É um avanço na estratégia digital de vendas do grupo, que passa a oferecer para os clientes produtos de outros vendedores, os chamados sellers.

Para os clientes, o marketplace vai ampliar o leque de produtos que podem ser comprados online. O plano é que o sortimento de 15 mil itens salte para 30 itens em três meses. Em 12 meses, o marketplace terá 400 mil itens à venda.

Quantos sellers tem o marketplace? O GPA diz que assinou contrato com =100 sellers de início e está em negociação com 170.

Qual a vantagem de virar esse seller? O GPA apresentou hoje uma série de dado que mostram como o e-commerce cresceu durante a pandemia. Um deles é o de faturamento do e-commerce, que vai bater R$ 1 bilhão em 2020 – a expansão foi de 240% no terceiro trimestre em relação a igual período de 2019. O número de novos clientes cresceu 202% e 50% dos clientes são multicanal.

Além disso, o GPA enfatizou mais uma vez que conhece a fundo o comportamento de compra do cliente e consegue antecipar desejos de consumo. Esse conhecimento permite oferecer ofertas ultrapersonalizadas para cada tipo de cliente.

E tem mais novidade? Sim. Jorge Faiçal, CEO de Multivarejo do GPA, disse que a empresa vai lançar o GPA Log, o braço logístico da companhia. Essa empresa poderá prestar serviços de entrega para os sellers do marketplace.

Segundo ele, a nova empresa nasce para ser tão competitiva em prazos quanto a concorrência. Mercado Livre, por exemplo, informa que 80% das vendas são entregues em até 48 horas.

Um dos diferenciais de entrega do GPA é o know how para entrega de perecíveis. “A compra do supermercado não pode ser uma compra só de arroz. Tem que ser uma compra completa, de carne, de alface”, afirma Rodrigo Pimentel, diretor de e-commerce.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).