A Gol divulgou nesta segunda-feira proposta encaminhada ao conselho da administração da Smiles, com detalhes sobre a relação de troca envolvendo a incorporação da empresa de programa de fidelidade pela companhia aérea.

A proposta avalia a Smiles em cerca de 2,8 bilhões de reais. Na sexta-feira, o valor de mercado da companhia era de aproximadamente 2,7 bilhões de reais.

De acordo com os termos propostos, cada ação ordinária da Smiles dará ao titular o direiro de receber 0,825 ação preferencial da Gol ou 22,32 reais ou uma combinação de ação PN da Gol e dinheiro.

A relação de troca representa um prêmio de aproximadamente 26,3% sobre o preço médio ponderado pelo volume dos últimos 30 dias de 17,67 reais. Na sexta-feira, a ação da Gol fechou a 27,05 reais e o papel da Smiles, a 21,73 reais.

“As escolhas dos acionistas estarão sujeitas a determinados ajustes, de forma que nenhum acionista receberá mais de 80% de sua consideração em ações preferenciais da Gol ou em dinheiro”, afirmou a companhia aérea”.

A Gol afirmou que mudanças na dinâmica competitiva tanto no mercado de transporte aéreo quanto no de programa de fidelidade, recentemente aceleradas e amplificadas pelos efeitos da pandemia, tornam necessário o término da atual estrutura acionária para garantir competitividade a longo prazo.

A aérea também comunicou ao conselho da Smiles sua intenção de que as análises e decisões ligadas à propostas ocorram em até 30 dias e que o assunto seja deliberado em assembleias de acionistas de ambas as companhias que devem ser convocadas até 18 de janeiro.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).