Aos poucos, o consumidor brasileiro começa a ter mais opções de escolha de carros elétricos. A GM do Brasil (Chevrolet) começou nesta sexta-feira (1º) a pré-venda do Bolt EV, uma de suas apostas mundiais para popularizar modelos com motor elétrico.

O que é essa pré-venda? É uma reserva para o momento em que o carro chegar às concessionárias, no início de 2020. Será necessário dar uma entrada no valor de R$ 5 mil.

Com base em estudos de mercado, a GM vai começar a pré-venda em 12 cidades: São Paulo, Campinas (SP), São José dos Campos (SP), Rio de Janeiro, Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Joinville (SC), Recife (PE) e Vitória (ES).

A pré-venda poderá ser realizada no site da Chevrolet e em 25 concessionárias credenciadas.

Qual o preço do Bolt? O preço será de R$ 175 mil.

O painel do Chevrolet Bolt EV indica o estágio de carregamento da bateria, localizada sob o assoalho do carro

Existem outros modelos elétricos no Brasil com distribuição pela montadora? Sim. O brasileiro pode comprar o Nissan Leaf (R$ 195 mi), o Renault Zoe (R$ 150 mil) e o BMW i3 (R$ 206 mil), além de modelos que são trazidos por importadoras autorizadas.

Quais as características do Bolt? Ele é um crossover, ou seja, um carro que mistura dois ou mais estilos de carroceria. Ele tem a base de um carro de passeio com características de uma SUV. Ele é 100% elétrico com potência de 203 cv, o que significa dizer que não há motor a combustão para auxiliá-lo.

Segundo a GM, o Bolt EV é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em pouco mais de sete segundos.

Outro de seus destaques é o conjunto de câmeras, que proporciona uma visão de 360 graus para ajudar o motorista a estacionar o carro.

O Chevrolet Bolt EV 2020: começa a pré-venda no país
Crédito: Divulgação

Qual a autonomia do Bolt EV? Com a bateria carregada, ele é capaz de percorrer 416 km, uma autonomia que o coloca à frente dos demais concorrentes no país.

A Chevrolet informou que será possível fazer a recarga em concessionárias credenciadas e que recomenda que os usuários adquiram um aparelho de recarga rápida para ser instalado na garagem.

Com uma hora de recarga, é possível percorrer cerca de 40 km, que é a distância média diária das pessoas no país. A recarga completa da bateria dura dez horas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).