A procura por microfranquias – aquelas com investimento mais baixo, de até R$ 90 mil – cresceu durante a pandemia e deve subir ainda mais, segundo Adriana Auriemo, diretora de microfranquias da ABF (Associação Brasileira de Franchising) e sócia da rede Nutty Bavarian.

“Com essa crise, teremos muita gente desempregada precisando de uma fonte renda. As franquias são uma boa opção porque oferecem treinamento e suporte”, diz.

O que são franquias home office ou home based? Entre as microfranquias, há diferentes modelos de negócio, mas um deles se destaca em tempos de pandemia: as franquias home office ou home based, ou seja, que funcionam em casa e não exigem ponto comercial.

Geralmente, estão relacionadas à venda de serviços e não possuem estoque, o que reduz os custos fixos e as tornam mais baratas. O faturamento também costuma ser mais baixo e depende muito da dedicação do empreendedor.

“As pessoas hoje estão trabalhando de casa e a tendência é isso continuar. Setores que já atuavam online e tiveram velocidade de reação para desenvolver novos produtos e serviços saíram na frente durante a pandemia”, diz a consultora especializada em franquias Ana Vecchi.

Quais setores estão em alta? Segundo as duas especialistas, áreas como limpeza e higienização de ambientes, marketing digital, delivery, cursos online e crédito estão em alta.

Ainda assim, a consultora alerta que, apesar de reduzir o risco ao abrir um negócio, a franquia não é garantia de sucesso.

Quais os cuidados ao comprar uma franquia? Ana Vecchi diz que, em momentos de crise, é comum a venda de franquias crescer, pois são consideradas uma solução para o problema da falta de renda, mas a decisão de compra não pode ser emocional.

“É importante avaliar muito bem o franqueador, entender a documentação e conversar com outros franqueados para conhecer a realidade do negócio, além de escolher uma área com que tenha afinidade”, recomenda.

Veja algumas marcas de microfranquias home office em setores que cresceram durante a pandemia. Todas as informações foram fornecidas pelas empresas.

1.Alfred Delivery (aplicativo de delivery)
– Investimento inicial: a partir de R$ 10 mil
– Faturamento médio mensal: R$ 90 mil
– Lucro médio: 15% do faturamento
– Retorno do investimento: entre 12 e 18 meses

Afred, franquia de dlivery
Crédito: Divulgação

2.Blue Sol (sistemas de energia solar)
– Investimento inicial: a partir de R$ 32 mil
– Faturamento mensal: a partir de R$ 89 mil
– Lucro: não divulgado
– Retorno do investimento: previsto em 9 meses

Blue Sol, franquia

3.CredFácil (empréstimos e financiamento)
– Investimento inicial: a partir de R$ 20,8 mil
– Faturamento médio mensal: R$ 10 mil
– Lucro: não divulgado
– Retorno do investimento: entre 12 e 18 meses

CredFácil

Franquia CredFácil

4.Guia-se (marketing digital)
– Investimento inicial: a partir de R$ 28,9 mil
– Faturamento mensal: a partir de R$ 10 mil
– Lucro: 50% do faturamento
– Retorno do investimento: entre 6 e 24 meses

Franquia Guia-se

5.Jan-Pro (limpeza comercial)
– Investimento inicial: a partir de R$ 14,8 mil
– Faturamento mensal: R$ 3,6 mil
– Lucro médio mensal: 60% do faturamento
– Retorno do investimento: previsto em 10 meses

Franquia Jan-Pro
Crédito: Divulgação

6.Maria Brasileira (limpeza residencial e corporativa)
– Investimento inicial: a partir de R$ 31 mil
– Faturamento mensal: de R$ 35 mil a R$ 55 mil
– Lucro: de 15% a 20% do faturamento
– Retorno do investimento: previsto em 14 meses

Franquia Brasileira

7.Maxi Pay (soluções em pagamentos)
– Investimento inicial: a partir de R$ 2 mil
– Faturamento médio mensal: R$ 6,6 mil
– Lucro: não divulgado
– Retorno do investimento: previsto em 2 meses

Franquia Maxipay
Crédito: Divulgação

8.Ótris Soluções Financeiras
– Investimento Inicial: a partir de R$ 10 mil
– Faturamento médio mensal: R$ 6,7 mil
– Lucro: 80% do faturamento
– Retorno do investimento: entre 6 e 8 meses

Ótris, franquia

9.RapidãoApp (aplicativo de delivery)
– investimento inicial: a partir de R$ 16,7 mil
– faturamento médio mensal: R$ 12 mil
– Lucro líquido médio mensal: R$ 5,5 mil
– retorno do investimento: entre 6 e 12 meses

RapidãoAPP

10.Romeo e Julieta (mercado online)
– Investimento: a partir de R$ 25 mil
– Faturamento médio mensal: R$ 100 mil
– Lucro: a partir de 7% do faturamento
– Retorno do investimento:previsto em 24 meses

Romeo e Julieta, app de mercado online
Crédito: Divulgação

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.