Por Tom Sims

FRANKFURT (Reuters) – O banco online alemão N26 disse na segunda-feira que concluiu uma rodada de arrecadação de fundos de US$ 900 milhões que avaliou a empresa em mais de US$ 9 bilhões.

É uma boa notícia para o banco, que nos últimos meses tem sido criticado por violações relacionadas ao controle e prevenção à lavagem de dinheiro.

A captação torna a N26, fundada em 2013, uma das fintechs mais valiosas da Europa, atrás dos gigantes Klarna e Revolut, mas à frente de outros “neobancos”, como Starling e Monzo, da Grã-Bretanha. N26 é a fintech mais valiosa da Alemanha.

O financiamento mais recente veio da Third Point Ventures, Coatue Management, Dragoneer Investment Group e dos investidores atuais da N26, disse a fintech.

A N26 declara que tem mais de 7 milhões de clientes em 25 países.

O banco disse que usará os recursos da captação para expandir oferta de telefonia móvel e contratar 1.000 novos funcionários nos próximos anos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).