Houve um tempo em que peruas (chamadas de station wagon em inglês) eram o carro obrigatório das famílias brasileiras por causa do amplo porta-malas.

Volkswagen Parati e Quantum, Chevrolet Caravan, Ford Belina, Omega Supreme e Toyota Fielder foram alguns dos modelos mais populares nas décadas de 80, 90 e 2000. Mas essa preferência ficou para trás nos últimos anos, ao mesmo tempo em que as SUVs (sigla para Sport Utility Vehicle) caíram no gosto dos brasileiros e ocuparam esse espaço dedicado aos modelos com maior espaço interno.

Nesta segunda-feira (dia 27), a Fiat (FCA) deixou de produzir o modelo Palio Weekend, depois de 23 anos de fabricação no polo industrial da montadora em Betim, na Grande Belo Horizonte. Era a última perua ainda em produção no país. A Volkswagen deixou de vender o Space Fox importado da Argentina há um ano.

Como assim? O modelo não era popular? Ao longo de mais de duas décadas, a Fiat vendeu mais de 530 mil unidades do Palio Weekend. Os números incluem a sua versão off road, a Adventure, um sucesso tão grande nos seus primeiros anos no início dos anos 2000 que ajudou a levar outras montadoras — e a própria Fiat — a lançar modelos aventureiros para as cidades, como o Idea Adventure, o Cross Fox e o Sandero Stepway.

Mas, no ano inteiro de 2019, menos de 3.200 unidades novos da Palio Weekend foram vendidas. Para efeito de comparação, 26 carros classificados como SUVs venderam mais do que isso no ano passado, segundo dados da Fenabrave (a associação que reúne as concessionárias do país).

Ao todo, o segmento de SUVs vendeu 600 mil carros em 2019; o de peruas, nacionais e importadas, 5.500.

Funcionários da Fiat à frente da Palio Weekend na fábrica da montadora em Betim
Crédito: Divulgação

O que disse a Fiat? “Nos mantivemos sempre atentos ao que o consumidor procura, por isso entramos em uma fase acelerada de mudança na Fiat. Para atender ao desejo do cliente brasileiro, está previsto o início da produção de três novos modelos a partir de 2020. Dois deles vão colocar a nossa marca no segmento de SUVs”, disse Herlander Zola, Diretor do Brand Fiat e Operações Comerciais Brasil.

Vale lembrar que a Fiat faz parte da aliança global FCA (Fiat Chrysler Automobiles), que inclui a marca Jeep e que acaba de unir ao Grupo PSA (das marcas francesas PeugeotCitroën e da alemã Opel). Isso significa que os dois modelos SUVs mais vendidos do país, o Jeep Renegade e o Jeep Compass, ambos com mais de 60 mil unidades comercializadas no último ano, fazem parte dos números da montadora ítalo-americana.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).