O Banco BV, ex-Banco Votorantim, pediu nesta segunda-feira (dia 10) registro para fazer um IPO (oferta pública inicial de ações, na sigla em inglês). A informação é da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Quais as informações sobre a oferta? Cada unit vai representar uma ação ordinária e duas preferenciais do banco, de acordo com prospecto preliminar.

O que prevê a oferta? Haverá colocação primária e secundária de ações, ou seja, emissão de papeis cujos recursos serão destinados ao caixa do banco e venda de fatias que hoje pertencem a acionistas, respectivamente.

O BV afirma que pretende usar os recursos da oferta primária para ampliar a oferta de crédito e para investimentos na BVx, sua unidade de negócio de inovação.

Banco do Brasil e Votorantim Finanças, braço do Grupo Votorantim, serão os acionistas vendedores na fase secundária da oferta — ou seja, de recursos que serão destinados aos acionistas.

Qual o tamanho do IPO? A operação, inicialmente prevista para acontecer em abril, terá um valor total previsto de cerca de R$ 5 bilhões, dos quais R$ 1 bilhão da oferta primária. Os R$ 4 bilhões restantes corresponderão à oferta secundária, com BB e Votorantim Finanças levando R$ 2 bilhões cada um, afirmaram fontes à Reuters.

A operação será coordenada pelos bancos Goldman Sachs, JPMorgan, BB Investimentos, Itaú BBA, Morgan Stanley, Bank of America Merrill Lynch e UBS.

Quais outras empresas já abriram o capital ou entraram com o pedido na CVM para fazê-lo? Neste ano, a incorporadora Mitre e a empresa de tecnologia Locaweb já fizeram seu IPO na B3. Ambas levantaram mais de R$ 1 bilhão e tiveram uma demanda muito superior à oferta de papéis.

Há outras cinco companhias na fila, já com o pedido na CVM: a incorporadora Moura Dubeaux, a Priner, de equipamentos para a indústria, a Vamos, de locação de caminhões e máquinas, a Allied Tecnologia e a construtora Canopus.

(Com a Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).