WASHINGTON (Reuters) – As novas encomendas de produtos fabricados nos Estados Unidos aumentaram inesperadamente em setembro, embora a manufatura permaneça limitada pela escassez de insumos.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta quarta-feira que as encomendas à indústria aumentaram 0,2% em setembro. Os dados de agosto foram revisados para baixo para mostrar avanço de 1,0%, em vez de 1,2%, conforme divulgado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que as encomendas ficariam estáveis. Os pedidos tiveram alta de 17,6% em relação ao ano anterior.

A manufatura, que responde por 12% da economia norte-americana, está sendo impulsionada pela demanda ainda forte por bens, apesar dos gastos estarem voltando para serviços. As empresas estão recompondo os estoques esgotados, mas a escassez de mão de obra e matérias-primas decorrente da pandemia de Covid-19 permanece um desafio.

(Por Lucia Mutikani)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).