A Oxford Cannabinoid Technologies, que conta com a gigante do tabaco Imperial Brands Plc e o rapper Snoop Dogg entre seus investidores, oscilou entre grandes ganhos e perdas quando estreou na Bolsa de Valores de Londres.

A ação abriu 50% mais alta, mas depois reverteu o avanço para cair até 15%, antes de ser negociada com alta de 2,5% a partir das 11h55 em Londres.

A cotação da Oxford Cannabinoid, conhecida como OCT, surge depois que uma série de ofertas públicas iniciais na Europa e teve uma recepção morna dos investidores em uma semana volátil nos mercados de ações globais.

A OCT espera emular o sucesso da GW Pharmaceuticals Plc, uma empresa britânica que fez a primeira droga totalmente derivada da planta de cannabis a obter a aprovação do FDA dos EUA. A companhia foi adquirida pela Jazz Pharmaceuticals Plc por US $ 7,2 bilhões este ano.

O Reino Unido “está agora aberto a empresas de cannabis com sede em Londres e Oxford, nosso DNA é muito britânico”, disse o presidente Neil Mahapatra em uma entrevista à Bloomberg Television sobre a decisão da empresa de se listar em Londres.

A OCT, que desenvolve medicamentos de prescrição à base de canabinoides, levantou 16,5 milhões de libras (US $ 23 milhões) de investidores em sua colocação. O aporte vem depois de uma série de anúncios de maconha medicinal no Reino Unido neste ano, como a empresa de produtos de consumo Cellular Goods Plc , que também tem uma celebridade como o astro do futebol David Beckham.

“Londres tem uma visão incrivelmente avançada ao se abrir agora para o tipo certo de firmas de cannabis medicinal administradas profissionalmente”, disse Mahapatra.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).