BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira que a emenda da reeleição foi o pior erro político que o país já cometeu e, citando o comportamento de antecessores do presidente Jair Bolsonaro, como Fernando Henrique Cardoso e Dilma Rousseff, afirmou que a medida impôs uma “obsessão pela reeleição” nos primeiros mandatos.

O comentário foi feito durante entrevista ao programa “Pingos nos Is”, da Jovem Pan, ao ser questionado se Bolsonaro está atualmente interferindo mais na agenda econômica do governo. Guedes disse que o “componente político” reduz o viés liberal do governo, o que considera natural.

“Evidentemente que o componente político vai diminuindo um pouco a intensidade do vetor liberal, mas eu digo que ainda estamos aí com 60% na direção certa”, disse Guedes.

(Por Isabel Versiani)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).