SÃO PAULO (Reuters) – O dólar tinha pouca alteração frente ao real nos primeiros negócios desta quinta-feira, conforme investidores de todo o mundo aguardavam mais informações sobre a variante Ômicron do coronavírus, enquanto a votação da PEC dos Precatórios no Senado deve dominar as atenções no cenário doméstico.

Participantes do mercado digeriam ainda dados divulgados há pouco que mostraram contração de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores. A expectativa em pesquisa da Reuters era de estagnação.

Às 9h07 (horário de Brasília), o dólar à vista tinha variação positiva de 0,01%, a 5,6717 reais na venda, enquanto o dólar futuro tinha queda de 0,41%, a 5,7075 reais.

Na véspera, o dólar spot subiu 0,61%, a 5,6711 reais, pico desde 1º de novembro (5,6712 reais).

(Por Luana Maria Benedito)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).