SÃO PAULO (Reuters) – O dólar subiu frente ao real nesta sexta-feira, acompanhando movimento internacional de aversão a risco em meio ao pânico de investidores com a descoberta de uma nova variante do coronavírus.

Ainda assim, o dólar fechou o pregão bem distante das máximas intradiárias, o que alguns especialistas atribuíram à alta taxa de vacinação da população brasileira.

A moeda norte-americana negociada no mercado interbancário avançou 0,55%, a 5,5961 reais na venda, após ter chegado a saltar 1,38% no pico da sessão, a 5,6424 reais. Na B3, onde os negócios ultrapassam as 17h (horário de Brasília), o dólar futuro tinha alta de 0,50%, a 5,5985 reais.

No acumulado da semana, o dólar caiu 0,25% contra o real, após fechar a última sexta-feira em 5,6104 reais na venda.

(Por Luana Maria Benedito)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).