Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar fechou a última sessão de novembro em alta, acima de 5,63 reais e na máxima em um mês, impulsionado por chances de redução mais acelerada de estímulos nos Estados Unidos, o que fortalece o caso de altas antecipadas de juros no país, movimento que por sua vez eleva a atratividade da moeda norte-americana.

O dólar à vista fechou esta terça-feira em alta de 0,45%, a 5,6367 reais, maior valor desde 1º de novembro (5,6712 reais).

Com essa nova valorização, a moeda praticamente zerou a queda acumulada em novembro, ficando com variação negativa de 0,09% –o dólar chegou a registrar baixa de 4,23% no mês até dia 11.

Em 2021, a cotação salta 8,58%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).