RIO DE JANEIRO (Reuters) – O equacionamento da dívida da Petrobras, que está agora em níveis saudáveis, permitiu que a petroleira estatal voltasse a elevar investimentos em seu mais novo plano estratégico, afirmou nesta quinta-feira o presidente da companhia, Joaquim Silva e Luna.

A Petrobras informou na véspera que investirá 68 bilhões de dólares entre 2022 e 2026, um aumento expressivo em relação ao plano de negócios plurianual anterior, que previa 55 bilhões de dólares.

Luna reiterou ainda que a Petrobras segue com foco “no que faz melhor”, que é a exploração e produção de petróleo e gás em águas profundas e ultraprofundas, essencialmente no pré-sal das Bacias de Santos e Campos.

(Por Marta Nogueira)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).